Regulamento Interno | ERPI


Consulte nesta página o Regulamento Interno da Estrutura Residencial para Idosos da Irmandade de Santa Cruz.

 

A Estrutura Residencial presta as seguintes actividades e serviços:
  • Alimentação adequada às necessidades dos residentes, respeitando as prescrições médicas;
  • Cuidados de higiene pessoal e apresentação;
  • Tratamento de roupa;
  • Higiene dos espaços;
  • Actividades de animação sociocultural, lúdico-recreativas e ocupacionais, que visem contribuir para um clima de relacionamento saudável entre os residentes e para a estimulação e manutenção das suas capacidades físicas e psíquicas;
  • Apoio no desempenho das tarefas da vida diária;
  • Cuidados de saúde, nomeadamente: medicina geral, enfermagem, fisioterapia e psicologia, bem como o acesso a cuidados de saúde;
  • Administração de fármacos quando prescritos.
A Estrutura Residencial deve permitir:
  • A convivência social, através do relacionamento entre os residentes e destes com os familiares, amigos, cuidadores, pessoal técnico, dirigentes e a própria comunidade, de acordo com os seus interesses;
  • A participação dos familiares ou representante legal, no apoio ao residente, sempre que possível, e desde que tal contribua para um maior bem-estar e equilíbrio psicoafectivo do residente;
  • Assistência religiosa, sempre que o residente solicite, ou, na incapacidade deste, a pedido dos seus familiares ou representantes legal.
Para efeitos de admissão, o cliente deverá candidatar-se através do preenchimento de uma ficha de inscrição que constitui parte integrante do processo de cliente, devendo fazer prova das declarações prestadas, mediante a entrega de cópia dos seguintes documentos:
  • Bilhete de Identidade ou Cartão do Cidadão do cliente e, quando necessário, do representante legal;
  • Cartão de Contribuinte do cliente e, quando necessário, do representante legal;
  • Cartão de Beneficiário da Segurança Social do cliente e do representante legal, quando necessário;
  • Cartão de Utente dos Serviços de Saúde ou de subsistemas a que o cliente pertença;
  • Boletim de vacinas e relatório médico, comprovativo da situação clínica do cliente, quando solicitado;
  • Comprovativo dos rendimentos do cliente e do agregado familiar.
O horário de atendimento para candidatura é o seguinte: Dias úteis das 9.30h-13h; 14:00h-17.30h. A ficha de inscrição e os documentos probatórios referidos no número anterior deverão ser entregues na secretaria.
Paralelamente ao processo administrativo de recolha dos elementos que constituem o processo de candidatura, é efectuada uma entrevista ao candidato e familiar responsável, conduzida pela Directora Técnica/Técnica de Serviço Social, com base no qual é elaborado um Relatório de Avaliação Psicossocial. Recebida a candidatura, a mesma é analisada pela Directora Técnica/Técnica de Serviço Social e Equipa Técnica, a quem compete elaborar a proposta de admissão quando tal se justificar, a submeter à decisão da Mesa Gerente. Compete à Mesa Gerente do estabelecimento a decisão final. Da decisão será dado conhecimento ao cliente no prazo de trinta dias.
Lar – Funcionamento ininterrupto ao longo de todo o ano.

Secretaria: Dias úteis das 9h-13h ; 14:30h – 18h.

O pagamento da mensalidade/comparticipação é efectuado na Secretaria da Instituição no período correspondente ao seu horário de funcionamento ou por transferência bancária. A mensalidade é paga num dia fixo de cada mês, normalmente correspondente ao dia em que foi efetuado o primeiro pagamento.